O Verdadeiro Natal

19:23 Unknown 0 Comments

O verdadeiro sentido do Natal


É Natal! A alegria que nos envolve e nos aproxima das pessoas que amamos, presentes embaixo das árvores, cartas de pedidos ao Papai Noel, festas, confraternizações, champanhe, paz. Os corações se unem com força para fazer o bem e ajudar os necessitados. A mensagem passada é que a magia do Natal está no ar e envolve a todos.

Porém, a principal mensagem do Natal, o verdadeiro sentido do Natal tem sido pouco falado, e a cada ano percebo mais, fala-se de muitas outras coisas como dito anteriormente, pouco se fala do nascimento e da pessoa de Jesus. A principal mensagem do Natal é o nascimento de Jesus.

Quantas pessoas param para ler a Bíblia no Natal e conhecer a verdadeira história de como se deu o nascimento de Jesus?

A razão pela qual devemos acreditar na Bíblia e sua validade é Jesus Cristo. Ele considerava as escrituras hebraicas como a palavra de Deus. Seus ensinamentos são extensões do que foi ensinado no Antigo Testamento. Temos bases históricas do Novo Testamento como fonte da história antiga. A maioria dos historiadores do Novo Testamento concorda com os fatos fundamentais que balizam a inferência sobre a vida, crucificação e ressurreição de Cristo. Desta forma podemos apresentar a Bíblia como a palavra de Deus para a humanidade.

Um anjo levou uma mensagem para uma virgem chamada Maria e lhe disse: Você ficará grávida, dará à luz um filho e porá nele o nome Jesus. ( Jesus quer dizer “O Senhor salva”) Lucas 1:31.

Conforme os textos relatados na bíblia nos evangelhos segundo Mateus, Marcos e Lucas, tudo aconteceu para se cumprir o que anos atrás Deus havia dito por meio dos profetas. Tais profecias estão descritas em livros do Antigo Testamento.

Os seres humanos deram o nome de Cristianismo aos ensinamentos de Jesus Cristo, e agora chagamos ao ponto onde gostaria de lhes apresentar. Jesus nos mostrou muitos ensinamentos éticos como amar ao próximo como a si mesmo, dar a outra face, ajudar os pobres e necessitados, etc. Porém a principal mensagem do Cristianismo e de Jesus não é esta. Em Tiago 4:17 está escrito “Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado”, ou seja, nós temos a obrigação de fazer boas obras, pois sentimos fome e sabemos que precisamos sacia-la, temos sede, frio, e assim por diante. Desta forma devemos saber que o nosso próximo sente as mesmas coisas e precisamos fazer o bem que sabemos, ou então, cometemos pecado. E isso não somente em uma época do ano como muitas pessoas fazem no Natal, mas durante o ano todo, a todo momento, onde estivermos.

A principal mensagem do Cristianismo e desta forma de Jesus Cristo é o evangelho, a palavra evangelho significa “Boas novas” ou “Boa noticia”, significa a boa notícia da salvação através de Jesus. O evangelho de Cristo diz que somos moralmente culpados perante Deus por causa dos nossos pecados e delitos. Separados espiritualmente d´Ele. E é por isso que precisamos experimentar Seu perdão e graça. Para isso, é preciso ter um substituto que pague a pena dos nossos pecados. Muitas pessoas pensam fazer boas obras no natal, e pensam que isso é suficiente, porém nenhum pai humano entregaria seu amado filho para morrer no lugar de um assassino, ou de um viciado, ou de um mendigo, de qualquer pessoa desconhecida, ou até mesmo conhecida. Mas Deus enviou se Filho unigênito ao mundo para fazer exatamente isso e pagar pelos nossos pecados morrendo dolorosa morte, morte de cruz. Ao aceitar o que Jesus fez em nosso lugar, e nos arrependendo do erro, estando dispostos a mudar o que está errado, podemos ter o perdão de Deus e a limpeza perante Ele. Isso evidência por que acreditar em Jesus e na mensagem do evangelho e tão importante. Não aceitar esta mensagem é rejeitar a graça de Deus e permanecer espiritualmente separado d´Ele. Se você morre nesta condição, ficará eternamente separado de Deus.

Muitas pessoas se revoltam ao ouvirem isso, por não terem entendimento, e não terem buscado conhecer a Jesus e aos seus ensinamentos. Jesus não foi aceito pela sociedade quando esteve aqui na terra, as mesmas pessoas que ficaram maravilhadas com os milagres que Ele fazia e louvavam a Deus, foram aquelas que gritavam em seu julgamento... Crucifica! Crucifica!

Não creio que seria diferente nos dias de hoje com a sociedade na qual estamos inseridos, creio que muitos aceitariam o evangelho, porém outros gostariam apenas dos milagres e achariam muito duros os ensinamentos preferindo crucificar Aquele que faria vir à tona a verdade, e seus pecados encobertos pela hipocrisia.
"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas."
João 3:16-20
Não falei hoje para vocês de uma religião criada pelo homem, mas apenas falei do verdadeiro sentido do Natal, Jesus Cristo o Filho de Deus. Esse mesmo Jesus o qual vocês comemoram o Natal neste dia 25/12 disse: “Vão pelo mundo inteiro e anunciem o evangelho a todas as pessoas.” (Marcos 16:15)

Receba verdadeiramente a Jesus, receba o evangelho, receba o perdão, receba a salvação.

O C.O.E deseja um Feliz Natal e um próspero ano novo a todos! 

Major Costa

0 comentários: